top of page
  • Foto do escritorEPM

Programa Pedestre Idoso


Os idosos representam, em média, 25% do total de vítimas fatais no trânsito de nossa cidade. E este número tem mostrado tendência crescente nos últimos quatro anos. Porto Alegre é a capital brasileira com a maior proporção de idosos na população. A população idosa cresceu 32% nos últimos dez anos, conforme o IBGE(2010).


A Comissão de Análise de Acidentes do Programa Vida no Trânsito aponta que o percentual de idosos mortos, no período de 2012 a 2015, de acordo com a sua situação no trânsito, foi de 78,15% pedestres, 12,61% condutores e 9,24% ocupantes.


Por essa razão, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SMMU), em parceria com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e o Gabinete da Primeira-Dama lançaram a campanha Pedestre Idoso 2021. A ação faz parte do Programa Vida no Trânsito (PVT) e tem como objetivo reduzir o número de lesões e mortes com envolvimento deste público, alertar a população sobre os riscos e sensibilizar os idosos para que desenvolvam o autocuidado quando estiverem em espaços públicos.



Objetivos


  • Reduzir os atropelamentos de idosos (mais de 60 anos) evitando o aumento de vítimas fatais e graves;

  • Informar a população sobre a necessidade de percepção dos riscos no trânsito que envolvem o público idoso, principalmente em atropelamentos;

  • Sensibilizar os idosos para que desenvolvam o autocuidado quando estiverem no espaço público;

  • Criar rede de multiplicadores para o desenvolvimento de ações que promovam a segurança dos idosos.


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), pessoa idosa é aquela com idade de 60 anos ou mais. Porto Alegre é a cidade brasileira com a maior proporção de idosos na população, 15,04% do total no ano de 2010 conforme dados do IBGE. No trânsito os idosos representam em média 25% do total de vítimas fatais e esse número tem mostrado uma tendência crescente nos últimos 4 anos.

Metodologia


A partir da integração da EPTC, SMS, DETRAN/RS, UFRGS, SESC e Secretaria Adjunta do Idoso.

As principais linhas de atuação definidas foram:

  • Campanha de Divulgação do Projeto – lançamento em junho (2016) com veiculação em busdoor, placas, faixas, eventos com idosos;

  • Produção de material de campanha e comunicação, a partir dos resultados das entrevistas em profundidade e grupos focais realizados, acompanhados pelo setor de comunicação dos respectivos órgãos envolvidos;

  • Criação de cursos de multiplicadores para pessoas que atuam de alguma forma com o público idoso, para que possam multiplicar atitudes preventivas no trânsito;

  • Capacitação de operadores do transporte coletivo, para que tenham o entendimento das necessidades da pessoa idosa em seus deslocamentos no espaço público;

  • Orientação de autocuidado para os idosos através de palestras, cursos, seminários, oficinas e atividades afins.




 

Reconhecimento internacional


O Programa Pedestre Idoso foi reconhecido no XV Congresso Internacional de Cidades Educadoras em Portugal


Laura Alfonso - Diretora da delegação Latino-Americana da Associação Internacional Cidades Educadoras



Paulo Louro - Técnico do gabinete Cidades Educadoras/ Lisboa

Miguel Algel Essomba - Presidente da Associação Internacional Cidades Educadoras





 

Parceiros Institucionais



Para mais informações sobre o programa entre em contato


223 visualizações2 comentários

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page