top of page
  • Foto do escritorEPM

EPTC apresenta programa Maio Amarelo 2022 para vereadores da Capital


Diretor-presidente Paulo Ramires destacou os objetivos das atividades realizadas. Foto: Gabriel Ribeiro/CMPA

O diretor-presidente da Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), Paulo Ramires, compareceu na sessão plenária desta quarta-feira, 25, na Câmara Municipal de Porto Alegre, para apresentar aos vereadores as ações que a EPTC vem desenvolvendo no Maio Amarelo de 2022. O movimento destaca a importância da cooperação de todos para a segurança viária e mobilização da sociedade para um comportamento mais seguro e pacífico, a fim de reduzir a acidentalidade e o número de vítimas no trânsito da Capital.


Ramires iniciou com uma breve retrospectiva do que a EPTC já fez anteriormente nesta campanha, apresentou dados e destacou quais os objetivos das ações realizadas. Ao falar sobre a estatística atual, disse que, neste primeiro quadrimestre de 2022, mais de 20 pessoas perderam a vida em Porto Alegre. Paulo Ramires usou de um exemplo pessoal ao falar para os vereadores presentes. “No início do ano um acidente levou minha sobrinha e, em nome da minha família, eu me solidarizo com todos que perderam entes queridos em acidentes de trânsito”.


Aproximadamente 30 servidores da EPTC acompanharam a sessão plenária, entre agentes de fiscalização, da Escola Pública de Mobilidade, administrativos e jurídicos, e os diretores técnico e de operações da empresa, Flávio Caldasso e Cirilo Faé, respectivamente.


Um dos focos da campanha são as ações orientativas nas ciclovias para conscientizar os ciclistas sobre o respeito às normas de circulação e conduta estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e sobre seus os direitos e deveres nas vias. Os ciclistas, que devem respeitar o sinal vermelho e toda a sinalização viária, têm preferência sobre os veículos automotores, mas devem sempre dar prioridade aos pedestres.


Objetivos das ações:

- Orientação dos motoristas, no que diz respeito à direção defensiva

- Correta abertura de porta dos veículos, observando a circulação de motos e bicicletas

- Preferência na via, durante as conversões; a necessidade de se manter a distância mínima de segurança

- Redução da velocidade durante a passagem por ciclistas

- Trabalhar a educação no trânsito relacionada à segurança e prioridade de pedestres e ciclistas

- Incentivar o uso da bicicleta como proposta de melhorar o meio ambiente

- Fomentar junto às empresas o treinamento de seus funcionários habilitados


Movimento mundial - O Maio Amarelo é um movimento mundial cuja proposta é chamar atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. O objetivo é estimular a participação da população, empresas, governos e entidades. Foi escolhido o mês de maio porque, em 11 de maio de 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A cor foi escolhida porque amarelo representa atenção e advertência na sinalização de trânsito.


 

Texto: Rafael Cabeleira

Edição: Gilmar Martins

56 visualizações0 comentário
bottom of page