top of page
  • Foto do escritorEPM

Prefeitura realiza ações para o Maio Amarelo


Blitz educativa para conscientização do movimento Maio Amarelo

A partir do tema Juntos Salvamos Vidas, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Smmu) e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) realizam neste mês diversas ações de educação para o trânsito dentro da campanha para o Maio Amarelo de 2022. O movimento destaca a importância da cooperação de todos para a segurança viária, informação e mobilização da sociedade para um comportamento mais seguro e pacífico com objetivo de reduzir a acidentalidade.

“Em nossos projetos de mobilidade, trabalhamos para que pedestres, ciclistas e motoristas convivam respeitando os espaços uns dos outros. Neste sentido, entendemos como fundamental a realização de ações preventivas e educativas contínuas, que mostrem a relevância deste convívio harmônico entre todos os modais no trânsito das cidades”, destaca o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.

De janeiro a abril de 2022, ocorreram 183 atropelamentos em Porto Alegre, que resultaram em sete mortes, 35% do total de fatalidades, e 204 feridos. Já em relação aos acidentes com envolvimento de motocicletas, de um total de 1.172 ocorrências, resultaram mais de mil feridos e nove vidas perdidas, quase a metade dos 20 óbitos registrados no período.

Através da análise dos dados de acidentalidade da Capital do Programa Vida no Trânsito (PVT), que identificou a necessidade de especial atenção com pedestres e veículos de duas rodas, as atividades foram escolhidas para resultar em um melhor convívio entre os modais, combater as principais causas de acidentes e trazer mais segurança no trânsito a partir da educação e conscientização. “A população precisa ter consciência de que a imprudência no trânsito mata e que desenvolver o autocuidado e a percepção do risco pode salvar muitas vidas no trânsito”, ressalta o diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires.

Objetivos das ações no Maio Amarelo: - Orientação dos motoristas, no que diz respeito à direção defensiva; - Correta abertura de porta dos veículos, observando a circulação de motos e bicicletas; - Preferência na via, durante as conversões; a necessidade de se manter a distância mínima de segurança; - Redução da velocidade durante a passagem por ciclistas; - Trabalhar a educação no trânsito relacionada à segurança e prioridade de pedestres e ciclistas; - Incentivar o uso da bicicleta como proposta de melhorar o meio ambiente, uma vez que melhora a saúde, reduz custos, alivia a carga dos demais modais, diminui a poluição nas cidades e estimula a mobilidade sustentável; - Fomentar junto às empresas o treinamento de seus funcionários habilitados, quanto ao respeito à vida no trânsito, principalmente dos mais vulneráveis.

Um dos focos da campanha são as ações orientativas nas ciclovias para conscientizar os ciclistas sobre o respeito às normas de circulação e conduta estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e sobre seus os direitos e deveres nas vias. Os ciclistas, que devem respeitar o sinal vermelho e toda a sinalização viária, têm preferência sobre os veículos automotores, mas devem sempre dar prioridade aos pedestres.

Entre as atividades, os agentes de fiscalização de trânsito e da Escola Pública de Mobilidade da EPTC vão montar um Circuito Urbano, no sábado, 28, no trecho 1 da orla do Guaíba, para propor à população uma experiência sobre situações de perigo na circulação, em um ambiente controlado, que reproduz as principais causas de acidentes registrados em Porto Alegre. A Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), terá o apoio de algumas entidades e órgãos públicos, nos quais seus prédios estarão devidamente iluminados com as cores do movimento.

MAIO AMARELO - Maio Amarelo é um movimento mundial cuja proposta é chamar atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. O objetivo é estimular a participação da população, empresas, governos e entidades nessa conscientização. Foi escolhido o mês de maio porque, em 11 de maio de 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A cor foi escolhida porque amarelo representa atenção e advertência na sinalização de trânsito.

Vida no Trânsito - Porto Alegre integra o Programa Vida no Trânsito (PVT), coordenado pelo Ministério da Saúde, e desde 2012 faz a análise de todos os acidentes fatais, com o objetivo de identificar os fatores e condutas de risco que resultaram em ocorrências com mortes. As causas de sinistros de trânsito decorrem, na sua maioria, de ações comportamentais dos usuários das vias. A partir da identificação desses fatores e condutas de risco, como subsídio para as áreas de educação, planejamento e fiscalização, as ações são direcionadas para a prevenção de novos acidentes.

Década de Ação ONU – Como resultado dessa metodologia, Porto Alegre, que tem uma das menores taxas de mortalidade no trânsito entre as capitais brasileiras, antecipou em dois anos, em 2018, a meta da redução de 50% na projeção do número de mortes estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a Década de Ação no Trânsito (2011/2020), que era de, no máximo, 76 mortes para 2020 em Porto Alegre, ano em que o índice foi ainda menor, com 64 vidas perdidas. Enquanto em 2021 foram perdidas 72 vidas, em 1998, no ano de criação da EPTC, 199 pessoas perderam a vida no trânsito da Capital. Em agosto do ano passado, a Assembleia Geral da ONU definiu os anos de 2021 a 2030 como a Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito, com o objetivo de reduzir as mortes e lesões no trânsito em pelo menos 50% no período e, a esse respeito, apela aos Estados Membros para que continuem as ações até 2030 em todas as metas relacionadas à segurança viária.

Cronograma de ações: Quinta-feira, 19 10h - Projeto Escola Amiga EPTC para educadores do Colégio Protásio Alves, no bairro Azenha; 10h - Blitz Bike com ciclistas na av. Ipiranga, no bairro Praia de Belas; 15h - Programa Um dia de Agente, aberto à população. Para participar, acesse o https://bit.ly/diadeagente_EPTC Sexta-feira, 20 8h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos do Colégio São Judas Tadeu, no bairro Cristo Redentor; 9h - Visita dos alunos do Centro Diaconal Evangélico Luterano – CEDEL na EPTC; 14h - Projeto CFC Amigo da EPTC no Centro de Formação de Condutores SolosCar Iguatemi, no bairro Chácara das Pedras; 16h - Blitz Bike com ciclistas na av. Ipiranga, no bairro Praia de Belas; Sábado, 21 9h - Blitz Bike com ciclistas no bairro Praia de Belas; 9h - Encontro com as famílias – CEDEL, no bairro Azenha; 14h - Projeto Educação Social e Mobilidade, palestra no Grupo Escoteiro Nimuendaju-014 RS, no bairro Pedra Redonda; Segunda-feira, 23 9h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EEEF Souza Lobo, no bairro São Geraldo; 9h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EEEF Silva Paes, no bairro Teresópolis; 13h30 - Programa Um dia de Agente, com grupo de motociclistas. Para participar, acesse o https://bit.ly/diadeagente_EPTC 14h15 - O diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires, fará explanação sobre o Maio Amarelo na sessão plenária da Câmara Municipal de Porto Alegre (CMPA); Terça-feira, 24 10h - Operação de blitz educativa para motociclistas; 13h30 - Programa Um dia de Agente com rodoviários do consórcio de empresas de transporte MAIS. Para participar, acesse o https://bit.ly/diadeagente_EPTC Quarta-feira, 25 14h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EMEF Liberato Salzano Vieira da Cunha, no bairro Sarandi; 14h - Projeto Empresa Amiga da EPTC, palestra para colaboradores na empresa SOUL - Sociedade de Ônibus União Ltda., no bairro Voluntários da Pátria, no Centro Histórico; 14h - Projeto Pedestre Idoso com palestra musicada para grupo da longevidade Viva a Vida, do Grupo Hospitalar Conceição (GHC); 15h - Operação No Limite da Via, no Centro Histórico; Quinta-feira, 26 9h - Blitz Bike com ciclistas no bairro Cidade Baixa; 14h - Projeto Pedestre Idoso com palestra musicada para grupo Calábria, bairro Vila Nova; Sexta-feira, 27 9h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EEEF Evarista Flores da Cunha, no bairro Belém Novo; 9h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EEEF Horto Madre Raffo, no bairro Belém Novo; 9h - Projeto Universidades na UniRitter, bairro Passo das Pedras; 10h - Projeto CFC Amigo da EPTC no Centro de Formação de Condutores ABC, no bairro Cavalhada; 10h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da Matias de Albuquerque, no bairro Ipanema; 15h - Blitz Bike com ciclistas na av. Goethe; Sábado, 28 11h - Circuito Urbano na Orla do Guaíba; Segunda-feira, 30 9h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EMEF José Mariano Beck; 18h - Projeto Empresa Amiga da EPTC, na FADERGS; Terça-feira, 31 9h - Projeto Escola Amiga EPTC para alunos da EEEF Gabriela Mistral, bairro Santo Antônio;


 

Texto: Gabriela Duarte e Rafael Cabeleira

Edição: Andrea Brasil

70 visualizações0 comentário
bottom of page