top of page
  • Foto do escritorEPM

Prefeitura inicia programação do Mês do Idoso nesta sexta-feira


Vacina, atividades culturais, esportivas e informações sobre envelhecimento saudável são destaques no evento


Nesta sexta-feira, 1º, tem início a programação do Mês do Idoso em Porto Alegre, com uma ação integrada da prefeitura. As secretarias de Desenvolvimento Social (SMDS), Saúde (SMS), Esporte, Lazer e Juventude (SMELJ), da Cultura (SMC) e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vão promover atividades presenciais para facilitar a vacinação, incentivar a atividade física e dar orientações sobre direitos da pessoa idosa. O local será a praça Lampadosa (avenida 21 de Abril, 792), no bairro Sarandi, das 9h às 17h, com abertura oficial do Mês às 14h. Também haverá atrações musicais.

O evento é realizado em parceria com a Associação de Moradores da Vila Elizabeth e Parque e com a Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa. O Mês do Idoso integra o calendário de datas comemorativas de Porto Alegre, por meio da lei 12.220 de fevereiro de 2017.

No domingo, 3, um evento com as mesmas atividades vai movimentar a Esplanada da Restinga (av. João Antônio Silveira), das 9h às 13h. Os dois locais foram definidos para incentivar a aplicação de vacinas contra a Covid-19 tanto para quem está na faixa etária da terceira dose como para quem ainda não conseguiu tomar a primeira ou a segunda aplicação.

As ações presenciais dão início à uma programação híbrida para homenagear a população acima de 65 anos. De acordo com o coordenador dos Direitos do Idoso da SMDS, Raphael Ramalho, a retomada de atividades é um marco para a faixa etária mais afetada pela pandemia. “Este mês sempre reforça o protagonismo da pessoa idosa. Neste ano temos o objetivo de intensificar a vacinação contra Covid-19 e conscientizar os familiares e amigos sobre a necessidade de tomar todas as doses, além de intensificar as informações sobre os direitos dos idosos”, explica Ramalho.

Envelhecimento - Dados do IBGE informam que até 2055 o Brasil terá mais pessoas acima dos 60 anos do que até 29 anos. O Rio Grande do Sul é o estado com o maior número de idosos. Porto Alegre possui 15% de sua população acima dos 60 anos. A população está envelhecendo por várias razões positivas como o constante avanço da medicina, aumento de renda, escolaridade e proporção de domicílios com saneamento adequado.

Ação Mundial - A ONU definiu 2020-2030 como a década do envelhecimento saudável e lançou a plataforma www.decadeofhealthyageing.org, um espaço colaborativo e multilíngue, onde é possível acompanhar, compartilhar e produzir conhecimento sobre o tema. “Porto Alegre já trabalha essa construção através da rede de cidades amigáveis a pessoa idosa, por ser membro dessa rede da OMS. Esta nova plataforma das Nações Unidas irá proporcionar a participação da sociedade, da comunidade, dos governos e, principalmente, da própria pessoa idosa”, complementa Raphael Ramalho.

 

Texto: Eduarda Alcaraz

Edição:Andrea Brasil

38 visualizações0 comentário

תגובות

דירוג של 0 מתוך 5 כוכבים
אין עדיין דירוגים

הוספת דירוג
bottom of page