top of page
  • Foto do escritorEPM

Operação Duas Rodas apreende moto com placa plotada


Operação Duas Rodas ocorre para reduzir acidentes e garantir a segurança viária. Imagem: Alex Rocha/PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) segue com as ações da Operação Duas Rodas para fiscalizar motociclistas, coibir excessos e prevenir acidentes para garantir a segurança viária da população. Nas cinco ações realizadas entre a terça e quarta-feira, 5 e 6, com apoio da Brigada Militar, foram retiradas de circulação uma motocicleta com placa veicular confeccionada em sistema plotter 3D, que simula uma placa normal, e outra com mais de 60 multas de trânsito, com débitos de aproximadamente R$ 22 mil. Após abordagem, os condutores foram autuados e as motocicletas recolhidas ao depósito. O diretor de Operações da EPTC, Cirilo Faé, destaca que estas ações ocorrem durante todo o mês de abril com o objetivo de coibir adulterações, excessos de velocidade e reduzir acidentes que resultam em óbitos e feridos. “Os motociclistas representam 50% das mortes de trânsito em Porto Alegre. Por isso, precisamos agir para evitar estas ocorrências e manter uma circulação segura nas ruas de nossa cidade”, finalizou. Nas ações destes últimos dois dias, foram abordadas 452 motocicletas, que resultaram em 20 recolhimentos e 155 autuações por diversas irregularidades. As operações integradas com as forças de segurança pública ocorreram nas avenidas Juca Batista, Oscar Pereira, Salvador França, Edgar Pires de Castro e A. J. Renner. A EPTC seguirá com as ações de fiscalização ostensiva na busca por um trânsito mais seguro nas ruas de Porto Alegre. Operação Duas Rodas – No primeiro trimestre de 2022, a fiscalização flagrou 22 motoristas sem CNH em 460 abordagens. Também, foram autuados 125 motoristas e recolhidas 12 motocicletas, 13 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e 29 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV). No ano de 2021, a Operação Duas Rodas flagrou 882 motociclistas sem CNH, em 21.050 abordagens. Nas 321 operações realizadas no período, 7.222 motociclistas foram autuados por algum tipo de irregularidade, 1479 motos foram retiradas das ruas e foram recolhidas 300 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e 1.577 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

 

Texto: Rafael Cabeleira Edição: Andrea Brasil




111 visualizações0 comentário
bottom of page