top of page
  • Foto do escritorEPM

Evento sobre cidade educadora reúne poder público, líderes empresariais e comunidade


Teatro do Campus da Unisinos Porto Alegre recebeu a presença de 300 pessoas. Foto: Alex Rocha/PMPA

Com a intenção de celebrar o reingresso de Porto Alegre no âmbito das cidades educadoras, a Prefeitura de Porto Alegre promoveu, através do Pacto Alegre e da Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria (SMTC), o evento “Por que queremos ser uma Cidade Educadora?”. O encontro aconteceu, na manhã desta sexta-feira, 30, no Teatro do Campus da Unisinos Porto Alegre, e contou com a presença de 300 pessoas entre gestores públicos, sociedade civil, líderes empresariais, educadores, estudantes e comunidade. De acordo com o prefeito Sebastião Melo, que participou da abertura, qualificar a educação é o único caminho para formar cidadãos e uma Porto Alegre melhor.

"Uma cidade educadora é aquela que vai além da escola do ensino formal. É formada por aquele que não joga lixo na rua, que você coloca o pé na faixa e o motorista para, que respeita os espaços públicos e se solidariza com o próximo" - Prefeito Sebastião Melo.

No dia 4 de março, a Capital reingressou oficialmente na Rede Internacional das Cidades Educadoras, conjunto de municípios de diversos países que compartilham princípios básicos de educação. Desde o ano passado, a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria (SMTC), vem articulando o retorno de Porto Alegre ao programa. Conforme o titular da SMTC, Gustavo Ferenci é importante unir cada vez mais forças e promover ações que possam reforçar a educação. “Nós enquanto governo precisamos da ajuda de todos os cidadãos para que nossa cidade seja referência no contexto das cidades educadoras". O evento contou também com nomes como o do consultor espanhol Josep Piqué; Laura Alfonso, representando a Rede Internacional das Cidades Educadoras; Maria Silvia Bacila, coordenadora da Rede Brasileira das Cidades Educadoras, além de representantes do Pacto Alegre e das secretarias de Educação, Transparência, Inovação, Esporte e órgãos como a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) e Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

 

Texto: Cláudia Fleury Edição: Gilmar Martins




42 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page