top of page
  • Foto do escritorEPM

Escola Pública de Mobilidade tem ação com patinetes e bikes compartilhadas


EPTC orienta sobre o uso de patinetes e bikes elétricas para garantir a segurança viária. Foto: César Lopes / PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) divulga a agenda de atividades para conscientizar sobre trânsito seguro, com destaque para orientações sobre o uso e as regras de circulação em patinetes e bikes elétricas. As ações, realizadas pela Escola Pública de Mobilidade, são direcionadas para diversos públicos, como adolescentes, crianças, motoristas, empresas, rodoviários e educadores.

A programação inicia-se nesta segunda-feira, 13, com o Programa Um Dia de Agente da EPTC, criado em 2017, com o objetivo de dar transparência e aproximar a população do trabalho realizado pelo órgão gestor do trânsito e da mobilidade urbana em Porto Alegre. Mais de 500 pessoas já participaram da experiência, entre a população em geral, líderes comunitários, políticos, jornalistas, técnicos em mobilidade, artistas e condutores de diversos modais.

A experiência consiste em conhecer os setores da EPTC e vivenciar a rotina de um agente de trânsito. Entre as atividades estão a fiscalização, o gerenciamento e controle da mobilidade, além de visita ao setor de sinalização viária, entre outras. A ação educativa é aberta a toda a população. Para participar, basta acessar o formulário de inscrição ou o portal EaD.

Nesta terça, 14, o público da terceira idade será recebido com a atividade do Programa Pedestre Idoso no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Timbaúva, bairro Mário Quintana. O objetivo é transmitir noções de comportamento seguro nos deslocamentos e abordar a importância da percepção dos riscos e do autocuidado no trânsito.

No feriado nacional da Proclamação da República, 15, quarta-feira, os agentes da EPTC vão promover orientações no Parque Urbano da Orla do Guaíba (Parque Jaime Lerner), Trecho 3 da Orla, sobre uso dos novos meios alternativos de locomoção, com dicas de condução segura para patinetes e bikes elétricas, entre outros equipamentos de mobilidade individual autopropelidos (Emia), como monociclos, segway, hoverboard, entre outros. A atividade levará em consideração os preceitos da Resolução nº 996/2023 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que dispõe sobre o trânsito desses veículos em via pública.

Além de iniciativas ao longo de toda a semana voltadas ao exercício da cidadania, cursos on-line gratuitos são oferecidos no portal de ensino a distância da EPTC, direcionados à segurança no trânsito para diferentes públicos. Os interessados em participar devem mandar e-mail para educ@eptc.prefpoa.com.br.

Plano de Segurança Viária - As atividades fazem parte do plano que estabelece diretrizes de planejamento e gestão da segurança viária, com metas para reduzir a acidentalidade no trânsito. O plano segue os propósitos de desenvolvimento sustentável definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em sua agenda 2030.

Confira a programação da semana: Segunda-feira, 13 14h – Programa Um Dia de Agente da EPTC - ação educativa aberta a toda a população.

Terça-feira, 14 14h – Programa Pedestre Idoso – palestra no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Timbaúva, bairro Mário Quintana

Quarta-feira, 15 (Feriado) 9h30 – Ação educativa de orientação aos usuários de patinetes e bicicletas elétricas, no Parque Jaime Lerner, no Trecho 3 da Orla do Guaíba

Quinta-feira, 16 9h30 – Blitz Educativa bairro Aberta dos Morros 15h – Programa Educação Social e Mobilidade – dinâmica da Criança Segura na Escola de Educação Infantil, bairro Guarujá 18h – Programa Escola Amiga da EPTC – sensibilização de educadores na Escola São Francisco Pallotti, bairro Passo D’Areia

Sexta-feira, 17 10h e 15h – Programa Educação Social e Mobilidade – dinâmica da Criança Segura para alunos da Rede Calábria, bairro Vila Nova

Sábado, 18 9h – Programa Educação Social e Mobilidade – participação no evento da tradicional corrida rústica do Colégio ACM, na Rótula das Cuias, bairro Praia de Belas Obs.: Em caso de chuvas, as ações poderão ser transferidas.


 

Texto: Gustavo Roth

Edição: Andrea Brasil

bottom of page