top of page
  • Foto do escritorEPM

EPTC recebe homenagem pelo trabalho de fiscalização e resgate de equinos


Mais de quatro mil cavalos foram recolhidos pela equipe desde 2007. Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA

A Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), recebeu nesta segunda-feira, 9, homenagem da Câmara Municipal de Porto Alegre pelos serviços prestados pela Equipe de Veículos de Tração Animal (EVTA), na fiscalização e recuperação de cavalos vítimas de maus tratos. A solenidade foi proposta pela vereadora Cintia Rockenbach.

Para o diretor de Operações da EPTC, Cirilo Faé, a homenagem é uma valorização à empresa e aos servidores. “Foram mais de quatro mil cavalos recolhidos ao longo dos anos, e muitos deles, devido aos cuidados, foram doados para novas famílias. Trata-se de um reconhecimento ao trabalho da EPTC”, finalizou Faé.

“A sociedade já não aguenta mais ver animais maltratados na cidade de Porto Alegre, além de toda preocupação de termos animais soltos em via pública, o que compromete a segurança no trânsito”, destacou a vereadora Cintia Rockenbach.

Desde 2007, a EPTC passou a ter como atribuição, além da fiscalização das carroças nas vias públicas, a fiscalização das condições dos animais usados para a locomoção. No ano de 2010, com base no termo de ajustamento de conduta, firmado com o Ministério Público, o foco voltou-se também para fiscalizar situações de maus-tratos envolvendo esses animais.

A Equipe de Veículos de Tração Animal, foi representada na mesa pelo coordenador de Operações de Fiscalização, Tiago Oliveira, o chefe do Departamento da EVTA, Gilberto Machado Fonseca, e pela servidora Andreia Razzolini, que substituiu o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior. Aproximadamente 15 agentes de fiscalização da EPTC acompanharam a solenidade.

Orientação - No caso de abandono de algum cavalo ou situações de maus-tratos, as pessoas podem entrar em contato através do 118 e 156. Se realmente o fato for constatado pelos agentes, é feito o recolhimento. O animal é levado para a área de acolhimento, na Zona Sul, onde recebe alimentação adequada, além de medicação.

Adoção - Após apresentarem recuperação, os cavalos recolhidos ficam soltos no campo, interagindo com os outros animais para o resgate do contato com a natureza. Se não forem procurados por seus donos, entram no programa de adoção. O abrigo é aberto à visitação. Informações sobre adoção podem ser obtidas através do adote@eptc.prefpoa.com.br.

 

Texto: Rafael Cabeleira

Edição: Gilmar Martins

69 visualizações0 comentário
bottom of page