top of page
  • Foto do escritorEPM

EPTC flagra transporte irregular de estudantes no bairro Santa Cecília


Veículo autorizado tem um selo de vistoria no para-brisa. Gustavo Roth/EPTC/PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) flagrou, nesta quarta-feira, 16, um veículo que fazia transporte irregular de estudantes no bairro Santa Cecília. O condutor não tinha habilitação desde 2016. O veículo foi autuado e recolhido, conforme o Código de Trânsito Brasileiro.

A EPTC alerta para o risco de contratar transporte clandestino para o deslocamento dos alunos. “O transporte de público e regular de passageiros, ainda mais para crianças e jovens, prevê uma série de regras de segurança. É muito importante que os responsáveis se informem e busquem as alternativas regulares, que estão em dia com todas as normas estabelecidas”, destaca o coordenador de Fiscalização de Transporte da EPTC, Adailton Maia.

São realizadas, em média, duas vistorias por ano nos veículos cadastrados – de acordo com o ano. Além de itens de documentação e registro, são verificados itens indispensáveis à segurança, como pneus, freios e sinalização. Também é dada atenção especial à configuração, higiene e conforto no interior do veículo.

Vistoria - Quem for autorizado tem um selo de vistoria afixado junto ao para-brisa, que indica a situação do veículo: vermelho significa reprovação (veículo não pode operar); amarelo significa aprovação provisória (pode operar até a data informada no selo) e azul significa aprovação (veículo apto a operar até a próxima vistoria), ou seja, está em condições de transportar os alunos.

Os transportadores regulamentados nas instituições de ensino e os prefixos que estão em dia com as determinações podem ser consultados no site da EPTC: Consulta por escola: http://www.eptc.com.br/Eptc_Consultas/consulta_escola.asp Consulta por prefixo: http://www.eptc.com.br/Eptc_Consultas/consulta_prefixo_escolar.asp

Para reclamações ou denúncias, fone 118 ou pelo e-mail fiscalizacaoescolar@eptc.prefpoa.com.br.


 

Texto: Gabriela Duarte

Edição: Lissandra Mendonça

14 visualizações0 comentário
bottom of page