top of page
  • Foto do escritorEPM

EPTC faz ação educativa na parada de ônibus da Estação Rodoviária de Porto Alegre

Equipe orientou o público sobre conduta segura e responsável no trânsito no período de fim de ano



Ação ocorreu na manhã desta quinta-feira | Foto: Guilherme Almeida

Para ressaltar a atenção e os cuidados necessários junto aos pedestres nas vias públicas de Porto Alegre, a Escola Pública de Mobilidade da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPM/EPTC) saiu às ruas nesta quinta-feira com uma equipe para orientar o público e divulgar material informativo sobre como ter uma conduta segura e responsável no trânsito neste período de fim de ano. A ação ocorreu na parada de ônibus que fica na lateral da Estação Rodoviária de Porto Alegre, o “Paradão da Rodoviária”, localizado na rua Largo Vespasiano Veppo, que é servida por muitas linhas de ônibus e têm muitos pedestres.


Um dos motivos da escolha do local é a passarela que liga a Rodoviária à Rua da Conceição, que é caminho para o Centro de Porto Alegre e passa por ruas como a Voluntários da Pátria. Muitas pessoas preferem atravessar a rua colocando em risco a própria vida e a dos condutores de veículos e passageiros do que usar esse caminho, que é o correto.


O coordenador de educação da EPTC, Diego Marques, disse que o foco é orientar as pessoas que transitam nesse local porque no fim do ano aumenta o volume de pessoas que andam por ali, que já é alto durante o ano, para evitar acidentes. “Ali é um local de quase acidentes e há muitos idosos, o que nos preocupa e por isso nos mobiliza a trabalhar nessas atividades educativas”, explicou.


O agente de fiscalização de trânsito de transporte Virlei Pedroso dos Reis disse que essa interação in loco com o pedestre ajuda na conscientização. “Temos ações durante o ano inteiro, mas essa aqui é para lembrar de ter atenção e seguir as normas, porque no fim de ano,as pessoas costumam ficar menos atentas, mais dispersas e o risco de acidentes pode aumentar”, reforçou.


A diarista Jacila Maciel Gomes contou que usa todos os dias a parada para usar o transporte público. "Considero esse tipo de ação muito importante e deveria ter mais vezes”, observou. Ela ainda disse que percebe que os pedestres são muito imprudentes.“Vejo todos os dias atravessarem a rua em locais errados”, relatou. O autônomo Ladimir Nunes Machado acredita que a pressa possa ser um dos principais motivos do desrespeito dos pedestres às regras de trânsito. “Prefiro perder 10 minutos atravessando a passarela do que perder a vida”, concluiu

 

53 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page