top of page
  • Foto do escritorEPM

Campanha Pedestre Idoso alerta a população para a empatia e o autocuidado no trânsito


Em 2020, no trânsito da Capital, os idosos representaram 18% dos óbitos

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SMMU), em parceria com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e o Gabinete da Primeira-Dama lançaram a campanha Pedestre Idoso 2021. A ação, em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, faz parte do Programa Vida no Trânsito (PVT) e tem como objetivo reduzir o número de lesões e mortes com envolvimento deste público, alertar a população sobre os riscos e sensibilizar os idosos para que desenvolvam o autocuidado quando estiverem em espaços públicos. (fotos)

Para a primeira-dama da Capital, Valéria Leopoldino, falta, muitas vezes, mais carinho e respeito pelos idosos. “Somos todos merecedores de respeito. É preciso educar e conscientizar a população." De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana de Porto Alegre, Luiz Fernando Záchia, a conscientização da população é uma parte muito importante da campanha. “Nosso objetivo com essas campanhas é de solidarizar e conscientizar as gerações que estão iniciando. Queremos que todos tenham um olhar mais carinhoso com os idosos”, ressalta.

Segundo dados do último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, Porto Alegre é a cidade brasileira com a maior proporção de idosos na população, com 15,04% do total de habitantes. Em 2020, no trânsito da Capital, os idosos representaram 18% dos óbitos, com 12 vidas perdidas. Um indicador com redução, frente à média de 25% dos últimos seis anos, graças ao trabalho conjunto da educação para a mobilidade, fiscalização e engenharia de tráfego. Dados estatísticos também mostram que, no período de 2012 a 2015, o maior percentual de idosos mortos no trânsito foi de pedestres, com 78,15%, seguido por 12,61% de condutores e 9,24% ocupantes dos veículos.


O diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires, relembrou as estatísticas envolvendo os idosos em acidentes de trânsito e ressaltou sobre a postura segura que os condutores devem ter na direção. “Seja como motoristas ou pedestre, precisamos ter atenção e cuidado no trânsito. A responsabilidade é de todos."

Durante o evento, foram distribuídos sombrinhas, sacolas, sacos de lixo para carros e camisetas com a identificação da campanha. Nos próximos dias, a EPTC fará novas ações para entregar materiais aos representantes das entidades. As sombrinhas distribuídas aos idosos terão um diferencial: transparentes, facilitam o uso do acessório, sem atrapalhar a vista.

''Nós, Divas da Alegria, ficamos felizes em receber o convite para participar da abertura deste projeto. Excelente projeto e programação da EPTC com a primeira-dama'', explica uma das participantes do grupo, Vilma Opitz. O evento foi realizado no Paço Municipal nessa terça-feira, 15, e contou com a presença da primeira-dama, Valéria Leopoldino, do secretário de Mobilidade Urbana (SMMU), Luiz Fernando Záchia, do diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires, do secretário de comunicação, Flávio Dutra, representantes do Sesc, do grupo Divas da Alegria, entre outros.

 

Texto: Michel Pozzi (estagiário) / Supervisão: Julianna Uzejka

Edição: Gilmar Martins

Imagens: Giulian Serafim / PMPA

10 visualizações0 comentário
bottom of page