top of page
  • Foto do escritorEPM

Agentes da EPTC fazem escolta de um fígado e um coração para transplante na Capital

Agentes deram suporte ao traslado dos órgãos para a Santa Casa e o Hospital de Clínicas


Os agentes de trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) realizaram, nesta quarta-feira, 29, a escolta para o traslado de dois órgãos para transplante na Capital. Após receber o chamado da Central de Transplantes da Secretaria Estadual da Saúde, no fim da manhã, os agentes foram posicionados na saída do Aeroporto Internacional Salgado Filho para dar suporte no transporte de um fígado e um coração, oriundos de Cachoeira do Sul.

A escolta de órgãos para transplante na Capital é uma das demandas da EPTC, para garantir a agilidade e segurança na operação. "Este acompanhamento garante o deslocamento da forma mais ágil e segura possível. Assim, contribuímos com a preservação de vidas e também para minimizar o risco de sinistros de trânsito”, destaca o diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires.

Os deslocamentos iniciaram-se às 12h02 em trajetos de 12 e 15 minutos, respectivamente. Os agentes fizeram o acompanhamento através das vias Sertório, Farrapos, Dona Margarida, Voluntários da Pátria, Castello Branco, Mauá, Júlio de Castilhos, Cel. Vicente e Independência até o hospital da Santa Casa de Misericórdia, e através do túnel da Conceição, rua Sarmento Leite, av. Osvaldo Aranha e rua Ramiro Barcelos, até chegar em segurança ao Hospital de Clínicas.


 

Texto: Gustavo Roth

Edição: Gilmar Martins

46 visualizações0 comentário
bottom of page